segunda-feira, 27 de abril de 2015

Contrary Wife Quilt

Em Janeiro de 2013, como já tinha referido  aqui,  resolvi participar no Small Quilt Talk Group, liderado pela Kathleen Tracy, cujo objetivo é cumprir o desafio por ela lançado mensalmente. Até Março, consegui publicar regularmente o que fiz, mas em Abril a vida finalmente proporcionou-me a concretização de um sonho há muito alimentado de uma esperança que já era cada vez menor e tudo o resto passou alegremente para segundo plano. Aos poucos, as novas rotinas foram-se instalando e fui conseguindo encaixar algum tempo para fazer pequenas coisas. Como não gosto de desistir do que começo, um a um, os doze mini quilts foram sendo feitos e aprendi sempre alguma coisa nova em cada um deles. Hoje, quase dois anos depois, mostro-vos o de Abril, cujo objetivo era utilizar o bloco denominado Contrary Wife.
...
In January 2013, as already mentioned here, I decided to join the Small Quilt Talk Group, led by Katleen Tracy, whose goal is to make the quilting challenge released monthly. Until  March, I was able to follow each month challenge, but in April life finally make a dream come true to my family, a dream that we had been nourishing from hope, a hope that was becoming less and less as the years went by. So, April was the month! Everything else was happily moved to a second place in life. Gradually, new routines were up and I could find some time to my quilting again... As I do not like giving up things, one by one the twelve little quilts were made and I always learned something new in each of them. So, today, almost two years after, I'm showing you the April challenge, whose goal was to use the Contrary Wife block.



Depois vou mostrando os restantes...
...
I will be showing you the others ...

3 comentários:

O meu pensamento viaja disse...

Primeiro, deixa que diga que adorei a tua visita. É sempre um enorme prazer conhecer seguidores anónimos.
Dei uma volta pelo teu blog e gostei imenso. Até já guardei a Flor Africana. Acabarei por a reproduzir.
Vamos manter-nos em contacto?
Gostaria muito, muito.
Beijo da Nina

Noémia disse...

Admiro-te Sandra!
Eu quando páro com um projeto desse tipo raramente o recomeço. Falta-me força anímica para o acabar.
Tenho um quilt de Natal,da Red Brolly,que comecei também em 2012 ou 13,que ficou "preso" só pela montagem dos bordados e patchwork à volta de 2 quadrados(foi quando deu o AVC à minha mãe) e que é uma pena não terminar, mas...

SG disse...

Hi!